Associação Médica Brasileira cria novo órgão de atuação no Parlamento

-

- PUBLICIDADE -

A Associação Médica Brasileira (AMB) lança oficialmente, nesta quarta-feira (6), o Núcleo de Atuação Parlamentar (NAP).

O órgão deve servir como ponte entre entidades médicas, senadores e deputados.

O novo órgão, entretanto, já opera há alguns meses, abrigado na Associação Médica de Brasília (AMBr).

O presidente da AMB, César Eduardo Fernandes, disse que uma assessoria parlamentar com equipe jurídica já se reúne com deputados e senadores.

“Não queremos nem teremos intermediários para conduzir ações junto aos deputados, à Frente Parlamentar. Não haverá contaminação qualquer, mantendo-nos sem viés político-ideológico e vacinados contra interesses outros”, escreveu Fernandes ao apresentar o NAP.

Com a criação do núcleo, as entidades filiadas à AMB — 27 federações nacionais e 54 sociedades de especialidades — têm agora à disposição duas entidades às quais podem aderir para se verem representadas junto ao Congresso Nacional.

Até agora, esse papel era desempenhado exclusivamente pelo Instituto Brasil de Medicina (IBDM), criado em 2017.

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...