Caixa prioriza ações de enfrentamento à violência contra a mulher

-

- PUBLICIDADE -

Mulheres dos municípios do Brasil que contam com agências da Caixa Econômica Federal poderão contar com os funcionários da instituição como aliados no enfrentamento à violência. 

É o que estabelece o Acordo de Cooperação Técnica (ACT) assinado pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH), na última terça-feira (17), em Brasília, no Distrito Federal.

A parceria integra as ações do projeto “Salve uma Mulher” e prevê a disponibilização de material informativo sobre os diferentes tipos de violência, atividades de capacitação e campanhas educativas voltadas para os colaboradores das agências. 

Além disso, também vai abranger políticas públicas que promovam equidade e respeito no ambiente de trabalho.

Na ocasião, a ministra Damares Alves falou sobre o projeto:

“O Salve é uma iniciativa que propõe o envolvimento da sociedade civil na proteção das mulheres. Com essa união, quem precisar de ajuda pode correr para uma agência da Caixa. Lá, essa mulher vai contar com um time de profissionais prontos para apoiar, além de dar informações sobre como acionar a rede de proteção. É aqui que entram os canais de denúncia, entre eles, o Ligue 180 (Central de Atendimento à Mulher).”

Confira o vídeo.

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...