‘Calar jornalistas é um ato perigoso’, diz senador

-

- PUBLICIDADE -

O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL), aliou-se ao senador Humberto Costa (PT-PE) para requisitar um pedido inédito de quebra de sigilo bancário contra veículos de informação do Brasil, inclusive o do portal Renova Mídia.

Os pedidos de quebra de sigilo estão entre os 135 a serem apreciados na 38.ª reunião da CPI, que está marcada para o dia 3 de agosto, na retomada dos trabalhos da comissão após o recesso parlamentar.

Em vídeo publicado, neste domingo (1º), nas redes sociais, o senador Eduardo Girão (Podemos-CE) alertou que “calar jornalistas é um ato perigoso”.

O direito de expressar opinião no Brasil está em risco”, acrescentou Girão, alertando que falar em “tratamento precoce” virou palavrão e pode resultar em censura.

Confira a publicação original do senador Eduardo Girão.

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...