Comandante é afastado da PM pelo governador de Pernambuco

-

- PUBLICIDADE -

O governador de Pernambuco, Paulo Câmara (PSB), afirmou que o comandante da Polícia Militar e os demais policiais envolvidos na agressão à vereadora de Recife, Liana Cirne, foram afastados de suas funções e serão investigados. 

A vereadora foi atingida por spray de pimenta por um policial durante ato contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, neste sábado (29). Confira o vídeo.

Em uma série de postagens no Twitter, o governador de PE disse repudiar “todo ato de violência, de qualquer ordem ou origem”:

“Sobre o ocorrido durante manifestação no Centro do Recife, na manhã deste sábado, determinei a imediata apuração de responsabilidades. A Corregedoria da Secretaria de Defesa Social já instaurou procedimento para investigar os fatos. O oficial comandante da operação, além dos envolvidos na agressão à vereadora Liana Cirne, permanecerão afastados de suas funções enquanto durar a investigação. Sempre vamos defender o amplo diálogo, o entendimento e o fortalecimento de nossas instituições dentro da melhor tradição democrática de Pernambuco.”

Confira a publicação.

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...