CPI da Pandemia racha sobre acusar Bolsonaro de genocídio

-

- PUBLICIDADE -

A CPI da Pandemia está dividida com a possibilidade do presidente Jair Bolsonaro ser responsabilizado por genocídio contra indígenas.

O relator, Renan Calheiros, já está decidido a apontar o presidente como culpado por mortes causadas por omissões do governo em relação aos povos tradicionais.

No entanto, segundo o jornal Folha, dois senadores do grupo majoritário da CPI disseram que não estão convencidos do indiciamento de Bolsonaro por genocídio:

  • Omar Aziz (PSD-AM), presidente da comissão;
  • Eduardo Braga (MDB-AM).

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...