‘CPI se volta contra as Forças Armadas’, diz senador

-

- PUBLICIDADE -

O senador Marcos Rogério (DEM-RO), integrante da CPI da Pandemia, teceu duras críticas aos parlamentares que fazem parte da cúpula da comissão.

O principal alvo das críticas foi o relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), que teceu novos ataques contra o ministro da Defesa, general Braga Netto.

Nesta terça-feira (13), através das redes sociais, Rogério declarou:

“Mais uma vez, a CPI da Pandemia se volta contra as Forças Armadas. Agora, vimos o relator, Renan Calheiros fazendo uma grave acusação! É cada vez mais nítido que temos um relator parcial, que ataca e julga sem provas”.

E acrescentou: 

“Quando falamos em CPI, esperamos uma Comissão que apure fatos, cheque provas e ao final produza um relatório que traga luz aos fatos. Mas, infelizmente, não é esse o cenário da CPI da Covid. O relator já tem uma sentença pronta que busca culpar a qualquer custo o Governo Bolsonaro.”

O senador completou:

“A CPI trata a depoente como investigada quando quebra seu sigilo. Mas, para forçar declarações, muda o tratamento para testemunha, para obrigá-la a colaborar. Não há outra forma de chamar isso, senão coação.”

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...