Duplicação de 168 km da rodovia Cuiabá-Rondonópolis

-

- PUBLICIDADE -

As obras de duplicação da BR-163/364/MT foram encerradas com a entrega do último segmento que restava ser finalizado junto ao perímetro urbano de Cuiabá (MT), na última sexta-feira (20).

São 168 quilômetros de extensão entre a capital matogrossense e Rondonópolis (MT). 

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, disse que esse foi um importante passo para aumentar a competitividade do agronegócio do MT:

“Esse é um dos mais importantes empreendimentos de infraestrutura de transportes do País.”

Freitas acrescentou:

“Agora, os caminhoneiros podem ir de Cuiabá até Rondonópolis, que é outro grande polo do agronegócio do Mato Grosso, em uma rodovia com pistas totalmente duplicadas. Isso significa menor tempo de viagem, redução de custos e, consequentemente, maior competitividade do produto nacional lá fora.”

Somente no primeiro semestre de 2021, mais de 30 mil veículos trafegaram diariamente neste trecho da BR-163/364/MT. 

No último segmento entregue, além da construção de quatro viadutos, também foram implantadas e revitalizadas as pistas marginais da rodovia, possibilitando a separação entre o trânsito pesado de caminhões e o fluxo local dos veículos que acessam os bairros residenciais da região. Isso traz mais segurança ao trânsito e reduz o tempo de viagem dos usuários.

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...