Expo 2020: pavilhão do Brasil recebeu 12 mil visitantes em três dias

-

- PUBLICIDADE -

O pavilhão do Brasil na Expo 2020 recebeu 12.795 visitantes nos três primeiros dias da exposição mundial.

O evento foi aberto ao público na última sexta-feira (1º) em Dubai, nos Emirados Árabes Unidos.

A estrutura brasileira fica logo na entrada do distrito da Sustentabilidade e atraiu muitos visitantes em busca de refresco ao calor do deserto, já que tem como principal atração uma lâmina d’água por onde é possível caminhar.

O Brasil é um dos 192 países que marcam presença no evento, que será realizado até março de 2022.

A estrutura, que tem o formato de um imenso cubo branco, custou US$ 25 milhões para ser construída.

Ainda não é possível dizer quanto custará a operação do pavilhão, que também funcionará como um espaço para receber autoridades governamentais e empresas brasileiras.

Além da lâmina d’água, a instalação tem cafeteria e salão de exposições, que neste momento apresenta uma mostra de fotos do Brasil, promovida pela Embratur, a empresa estatal de promoção do turismo do país.

Nos seis meses da Expo 2020, também estão previstos vários eventos promovidos pelo Brasil. De acordo com a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil), com a participação do Brasil na exposição, espera-se atrair US$ 10 bilhões em investimentos estrangeiros diretos no país e gerar US$ 500 milhões em exportações.

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...