Forças Armadas vivem ‘crise de imagem’, diz Rêgo Barros

-

- PUBLICIDADE -

O general Otávio Rêgo Barros, ex-porta-voz da Presidência da República, afirmou, nesta quarta-feira (21), que as Forças Armadas vivem uma “crise de imagem”.

Em entrevista ao jornal Correio Braziliense, Rêgo Barros defendeu um afastamento da instituição do ambiente político-partidário.

Citando o envolvimento de militares em supostos escândalos no Ministério da Saúde, o general afirmou que há uma exposição negativa dos militares na mídia:

“Uma crise de imagem se caracteriza por uma ampla exposição negativa durante muitos dias. Vive-se, portanto, uma crise de elevada temperatura e claros reflexos para a confiabilidade da instituição.”

Sem mencionar nomes, Rêgo Barros afirmou que parte da classe política está tratando os militares como peões:

“Uma parte dessa classe tem-nos enxergado como peões — sacrificáveis — no tabuleiro de um jogo de interesses. Não o somos! Sempre estivemos prontos para participar do processo de construção do país, desde que nossos movimentos se alinhassem com o regramento constitucional.”

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...