‘Honra pessoal’, diz Pazuello sobre presença em ato pró-Bolsonaro

Ex-ministro diz ter sido convidado por Bolsonaro a participar do ato.

-

- PUBLICIDADE -

O ex-ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, negou ao Exército Brasileiro que tenha praticado uma “transgressão militar” ao participar de um ato político no Rio de Janeiro com o presidente Jair Bolsonaro.

Saiba mais detalhes:

  • Pazuello, que é general da ativa, recorreu ao artigo 6 do Regimento Disciplinar do Exército.
  • O general disse que sua participação no ato se deve à “honra pessoal”.
  • A defesa de Pazuello ainda esclarece que se tratava de um passeio motociclístico, sem, portanto, caráter político.
  • O ex-ministro diz ter sido convidado por Bolsonaro a participar e chamado — sem que esperasse — a subir no trio elétrico em que estava o chefe do Executivo.
- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...