OAS deve devolver valor pago na compra do Triplex do Guarujá

O acórdão, que rejeitou o recurso, foi assinado em 5 de maio.

-

- PUBLICIDADE -

A justiça de São Paulo manteve a determinação para que a OAS e a Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop) devolvam o valor pago pela ex-primeira-dama Marisa Letícia na compra do Triplex do Guarujá, no litoral de São Paulo.

A informação foi confirmada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP), que divulgou, nesta quarta-feira (26), o resultado do julgamento de um recurso interposto pelo Bancoop.

As informações foram divulgadas pelo site Congresso em Foco. Saiba mais detalhes.

  • O acórdão, que rejeitou o recurso, foi assinado em 5 de maio. 
  • Em março, o TJSP reconheceu que Marisa Letícia tinha direito, caso ainda estivesse viva, a receber de volta o dinheiro pago na compra por ter desistido da transação. 
  • Assim sendo, permanece a decisão de que o dinheiro seja depositado no espólio que tem o ex-presidente Lula como inventariante. 
  • A relatora resgatou o acórdão de março para alegar que Marisa Letícia tinha declinado da compra e não usufruiu do imóvel.
- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...