Operação da PF em Sergipe contra desvio verbas da Covid-19

23 mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 9ª Vara da Justiça Federal.

-

- PUBLICIDADE -

A Polícia Federal (PF) deflagrou, nesta sexta-feira (28), a operação “Palude”, que mira contratações suspeitas na cidade de Pacatuba, em Sergipe, que chegam a R$ 1,07 milhão.

Os repasses do Fundo Nacional de Saúde ao município sergipano para o combate da pandemia de coronavírus — no ano de 2020 — foram de aproximadamente R$ 1,6 milhão.

Dessa forma, segundo levantamento da CGU divulgado pela Agência Brasil, as fraudes investigadas correspondem a 65% do total das verbas recebidas. Saiba mais detalhes:

Participam da operação desta sexta-feira, 28 de maio, 90  policiais federais e 10 auditores da CGU. 

  • 23 mandados de busca e apreensão foram expedidos pela 9ª Vara da Justiça Federal, em Sergipe.
  • Os envolvidos podem responder pela prática de crimes de corrupção passiva, corrupção ativa, dispensa indevida de licitação, fraude à licitação, organização criminosa e lavagem de dinheiro.
  • As investigações começaram depois que a PF recebeu uma denúncia de fraudes no procedimento adotado para a contratação de empresas responsáveis pela sanitização e desinfecção de espaços públicos e privados de Pacatuba em meio à pandemia.
  • Foram detectados indícios de conluio entre as empresas e entes participantes, com o objetivo de vulnerar a lisura e o caráter competitivo do certame, a exemplo da confecção conjunta de propostas. Também foram identificados indícios de superfaturamento e de possível inexecução do objeto contratado”, informou a PF, em nota.
- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...