Presidente da Caixa na mira do MPF por suposta pressão contra Febraban

-

- PUBLICIDADE -

A Procuradoria da República no Distrito Federal decidiu investigar o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães.

O motivo? Uma suposta pressão política sobre a Federação Brasileira de Bancos (Febraban).

O despacho informando sobre a investigação é assinado pelo procurador Anselmo Henrique Cordeiro, destaca o portal G1.

O procurador menciona o episódio em que a Febraban, no fim do mês passado, elaborou um texto com demais entidades em que pedia “harmonia e colaboração” entre os poderes da República.

Antes de o manifesto ser divulgado, Caixa e Banco do Brasil ameaçaram sair da Febraban, porque viram no texto um ataque político à gestão do presidente Jair Bolsonaro.

- PUBLICIDADE -

Comentários

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...