Senado libera candidatura para políticos com contas rejeitadas

-

- PUBLICIDADE -

O Senado Federal aprovou um projeto, nesta terça-feira (14), liberando a candidatura de políticos que tiveram as contas rejeitadas na administração pública e foram punidos apenas com multa. 

A proibição valerá apenas para casos mais graves, como quando há desvios de recursos públicos.

A mudança agora segue para ser sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro.

O projeto termina separando o joio do trigo“, afirmou o relator da proposta, Marcelo Castro (MDB-PI), segundo o jornal Estadão.

De acordo com Castro, ficarão livres da inelegibilidade por oito anos aqueles gestores, como prefeitos, que tiveram as contas rejeitadas apenas por atos formais, por exemplo, a falta de um documento relacionado a uma despesa, sem prejuízo ao erário público.

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...