Soldado-Cidadão: projeto atende mais de 255 mil jovens em todo Brasil

-

- PUBLICIDADE -

O objetivo do projeto Soldado-Cidadão (PSC) é ajudar o jovem brasileiro a concluir o Serviço Militar com uma profissão e pronto para entrar no mercado de trabalho. 

Em 17 anos de criação, a iniciativa atendeu mais 255 mil jovens em todo o Brasil.

Apenas neste ano já foram investidos cerca de R$ 3,8 milhões no projeto, o que permitiu capacitar aproximadamente 4 mil militares.

“Eu digo que o Projeto Soldado-Cidadão tem um caráter dual. Ganha tanto as Forças Armadas quanto o militar. O caráter principal do Projeto Soldado-Cidadão é dar empregabilidade ao militar quando ele dá baixa após o tempo de serviço”, ressalta o coordenador do Projeto do Ministério da Defesa, Coronel Gustavo Gomes

De acordo com o Ministério da Defesa, o índice de empregabilidade dos jovens que fazem os cursos pelo programa chega a 70%

Somente em Brasília, a Marinha do Brasil conta com 110 marinheiros recrutas participando do programa. Em parceria com o Senac, eles realizam curso na área administrativa.

“A ideia do projeto é que eles passem um período aqui na Força, recebam algum tipo de atividade teórica que vai engrandecer o currículo deles e futuramente eles possam ingressar no mercado de trabalho em melhores condições do que quando chegaram aqui na Força”, explica o Capitão de Mar e Guerra Fuzileiro Naval, Álvaro Moura, Comandante do Centro de Adestramento e Instrução de Brasília. 

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...