‘STF é tribunal de exceção’, diz advogado

-

- PUBLICIDADE -

Paulo Faria, coordenador nacional do movimento “Advogados do Brasil”, entrou com representação criminal contra o ministro do STF, Alexandre de Moraes, solicitando a prisão imediata do magistrado.

Durante entrevista concedida à rádio Jovem Pan, nesta segunda-feira (12), Faria acusou Moraes do crime de tortura contra o deputado federal Daniel Silveira (PSL-RJ):

“A Constituição Federal diz, claramente, que tortura é crime inafiançável, hediondo. Desde a prisão ilegal de Daniel Silveira, em 16 de fevereiro de 2021, o ministro Alexandre de Moraes está incurso no crime de tortura permanente.”

O advogado diz ter instado às autoridades competentes a dar prosseguimento na representação criminal contra Moraes:

“Eu procurei o Ministério Público, solicitando que tomasse providências. As pessoas pensam que há apenas tortura física, mas também há tortura psicológica.”

Faria acrescentou que o STF profere decisões arbitrárias:

“Infelizmente, nós estamos vivendo um estado de exceção. Eu, como advogado, tenho a desonra de dizer que, hoje, o STF é um tribunal de exceção.”

- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...