Vídeos pró-Cloroquina são removidos do canal do YouTube do presidente

Governo prepara decreto para combater a censura desenfreada nas redes.

-

- PUBLICIDADE -

O YouTube retirou 11 vídeos do ar, nesta quinta-feira (27), em que o presidente da República, Jair Bolsonaro, aparece defendendo o tratamento precoce contra a Covid-19, e neles, mencionando a cloroquina

O levantamento foi feito pelo Novelo Data. Saiba mais detalhes.

  • Há meses, o YouTube vem excluindo vídeos que propagam ou incentivam a utilização de alguns tratamentos contra o novo coronavírus.

Atualizamos nossas políticas de informações médicas incorretas sobre a Covid-19. Com isso, ao menos que haja contexto educacional, documental, científico ou artístico suficiente, a plataforma passou a remover vídeos que recomendam o uso de ivermectina ou hidroxicloroquina para o tratamento ou prevenção da Covid-19, fora dos ensaios clínicos, ou que afirmam que essas substâncias são eficazes e seguras no tratamento ou prevenção da doença”, diz a plataforma em nota.

  • Além das remoções dos vídeos do canal de Bolsonaro, outras remoções foram feitas, de nomes ligados ao presidente.
  • Enquanto isso, o governo prepara decreto para combater a censura desenfreada das plataformas digitais. 
- PUBLICIDADE -

Comentários

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- PUBLICIDADE -

Últimas Notícias

‘Sou uma pessoa política’, diz Luiza Trajano

"Não sou candidata a nada, mas sou uma pessoa política", diz Luiza Trajano.

Saúde investirá R$ 14 milhões para qualificar atendimentos de urgência

Governo federal cria programa SOS de Ponta.

Brasil cria autoridade de segurança nuclear

Governo sanciona lei que cria autoridade de segurança nuclear.

São Paulo desativa barreiras sanitárias em aeroporto e terminais de ônibus

Medida ocorre devido à estabilização do número de casos de Covid-19.
- PUBLICIDADE -
- PUBLICIDADE -

NotíciasRELACIONADAS
Você também pode gostar...